116 vagas para profissionais de TI em Fortaleza

Vencedora de licitação do Banco do Nordeste, a BRQ anuncia o início de sua operação no Ceará e já busca contratações

Com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Curitiba, Brasília e Nova York, a empresa brasileira BRQ, fornecedora de serviços de tecnologia da informação (TI), está vindo agora para o Ceará. Vencedora de licitação do Banco do Nordeste no valor de R$ 26,5 milhões, a empresa acaba de abrir um escritório em Fortaleza, para o qual já anuncia uma demanda para contratação imediata de 116 profissionais da área de TI.

O contrato com o Banco do Nordeste — que tem prazo de dois anos, renovável por até cinco anos — prevê a atuação da BRQ em duas áreas: ”Fábrica de Projetos”, estruturada para atendimentos às demandas de desenvolvimento de novos projetos e sustentação dos sistemas atuais; e ”Suporte”, criada para que seja dado apoio ao desenvolvimento e produção nas tecnologias requeridas pela instituição.

As principais tecnologias utilizadas pela BRQ são Java, J2EE, MVC, EJB, .Net, ASP, VB6.0, C#, SAP, PL/SQL, Mainframe, Websphere,C, C++, WebLogic, UML, HTML, Javascript, Webserver, Lotus Notes, PL/1, Cobol, Banco de Dados – Oracle, DB2 Metodologia – RUP/UML, além de sistemas operacionais Unix, Linux, Windows, MVS e VM.

Segundo o presidente da BRQ, Benjamin Quadros, o grande desafio que está nos planos da empresa é fazer com que a operação em Fortaleza vá além do período de contrato com o Banco do Nordeste e passe a atender a demanda por serviços na área de tecnologia de outras regiões e até mesmo do exterior. O executivo diz que a empresa já está de olho em novos contratos na região Nordeste, tendo Fortaleza como base para atender à demanda.

Segundo o estudo Brazil IT Spending by State 2008 da IDC, o mercado de TI no Brasil investirá US$ 23 bilhões até o fim deste ano e aponta o Nordeste como destaque. Um dos motivos são as aquisições de tecnologia pelas empresas na região, que estão aceleradas e em ritmo maior do que o verificado em outras regiões. O Nordeste deverá responder por uma parcela de 11% do total de investimentos em TI previstos para o mercado brasileiro neste ano. ”Nosso objetivo é utilizarmos a mão-de-obra local, trabalharmos a capacitação regional e jogarmos a demanda para Fortaleza”, diz Quadros.

Uma das dificuldades para atingir esse objetivo, no entanto, é encontrar profissionais qualificados na área de tecnologia da informação, cujos salários iniciais variam de R$ 2 mil a R$ 3 mil. ”Não está fácil. No Brasil todo não há disponibilidade de profissionais”, comenta. Para compensar um pouco dessa carência no mercado de trabalho, Quadros afirma que a BRQ pretende implantar em Fortaleza um Centro de Capacitação com foco em jovens de comunidades carentes. Dois projetos-piloto com essa mesma experiência já está sendo desenvolvidos pela empresa em Curitiba (PR) e Mangaratiba (RJ). Os profissionais interessados nas vagas oferecidas pela BRQ podem cadastrar-se no site www.brq.com/recursos-humanos/vagas-fortaleza.

VAGAS NA BRQ

Gerente de Projetos: 10
Líder de Configuração e Mudanças: 2
Arquiteto de Software Powerbuilder: 2
Analista de Sistemas Powerbuilder: 8
Desenv. Powerbuilder: 20
Arq. de Software .NET: 3
Arquiteto de Software Visual Basic e ASP: 3
Analista de Sistemas .Net, Visual Basic ou ASP: 12
Analista de Testes: 5
Testador de Software: 15
Desenvolvedor .Net, Visual Basic ou ASP: 30
Especialista em Suporte Técnico IBM DB2: 2
Especialista em Suporte Técnico IBM Rational: 2
Especialista em Suporte Técnico IBM Websphere: 2

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *