O saudável hábito da panelada

Os exames tinham caducado, foram feitos em 2008: testosterona, FSH e LH (pra saber como está a saúde dos testículos), PSA (pra detecção de câncer de próstata), glicemia, dosagem de colesterol e triglicerídeos.

Assim mesmo, seu Raimundo mostrou os resultados ao médico. Que após tudo ler fez-se preocupado. Mediu a pressão (26 por 18) e deu pausa. Olhando nos olhos do paciente, constatou: eis fortíssimo candidato a um AVC. Desmedida era a ingestão de vodka com picanha e linguiça.

– Ou o senhor para já com essa loucura ou marquemos a Missa de 7º Dia.

O médico “ordenou” a seu Raimundo balancear a dieta, praticar esporte regularmente. Mais adiante fizesse novos exames e voltasse. Paciente fala que cumprirá tudo à risca. Voltou. Mas, ao contrário, passou a traçar panelada no café da manhã com cerveja. Fez exame coisíssima nenhuma!

Indagado do médico sobre como se sentia agora, o novo estado de saúde após o sacrifício de largar as gordurosas iguarias e o merol, seu Raimundo falou que se sentia um menino. O médico, só no olhômetro…

– Realmente, seu Raimundo, o senhor tá outro homem! Nada como a prática de hábitos alimentares saudáveis!

Da coluna AOS VIVOS de Tarcísio Matos no O Povo.
Vale a pena conferir a saga do Primeiro cearense contaminado pela radiatividade japonesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *