Respeito aos Velhos

Aluísio de Castro – Discurso da Academia Brasileira de Letras, 1918.

Quando o Dr. Francisco de Castro assumiu, em 1901, a direção da Faculdade de Medicina, quis ter a seu lado, no ato da posse, o seu velho amigo Machado de Assis. Encarregado de ir buscar o grande romancista no Ministério da Viação, ia o Dr. Aluísio de Castro, então estudante, ao lado do autor do Brás Cubas, quando, na rua da Misericórdia, começou a lamentar a desgraciosidade do casario colonial, que tornava o caminho mais longo.

– Que casas feias!… – lamentou o estudante, numa censura de moço olhando aquela edificação secular.

E Machado de Assis, numa desculpa:

– São feias, são: mas, são velhas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *