Título de canções trazem spoilers

Cuidado com os spoilers!

Você certamente já viu em algum lugar o uso da palavra inglesa “spoiler”, que entre outros significados pode ser traduzida por destruidor ou sabotador. “Spoiler” passou a fazer parte do vocabulário cinematográfico ao se referir àqueles que estragam o prazer contando algum detalhe revelador sobre um filme. Ocorre que muitas vezes são as próprias pessoas ligadas à produção que – consciente ou inconscientemente – entregam aquilo que deveria ser mantido em segredo; e frequentemente isso acontece na trilha sonora.

Estranho? Não vamos entrar nos detalhes, mas o que dizer sobre isso? “Malcolm is Dead” é o título de uma faixa da trilha incidental de “O Sexto Sentido”, composta por James Newton Howard; “Becoming One Of ‘The People’, Becoming One With Neytiri”, “The Destruction Of Hometree” e “Shutting Down Grace’s Lab” são da trilha de “Avatar”, composta por James Horner; “Halloween II”, que tem a trilha assinada por Tyler Bates, traz as canções “I Killed a Man” e “Brackett Finds Annie”. São apenas alguns exemplos, mas servem como um recado: da próxima vez que for ouvir a trilha sonora de um filme, não preste atenção nos títulos.

Fonte: Do Boletim Cinema Express, escrito por Marcos Petrucelli, enviado pela CBN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *