TRE CE barra o blog Twitter Brasil

Antes dos meus comentários, leia na íntegra o post da Raquel Camargo: TRE atira contra o Twitter e acerta a vítima errada.

Fato: Criaram um fake, um perfil falso, no twitter.com chamado @LuizianneLins13, para tentar difamar a candidata a prefeitura de Fortaleza. Isso foi descoberto logo no ínicio, foi notícia de Jornal e alimento para muitas discussões na internet. O fake, ao se ver na situação frustante de ser descoberto e com medo da represália, apagou as falsas mensagens, vestiu a carapuça de que era contra Luizianne e deixou assim seu perfil ao léu.

Perfil Falso no Twitter

Idiotice: Os advogados de Luizianne mais o pessoal do TRE-CE bloquearam o Blog Twitter Brasil, hospedado aqui no Brasil, que não tem nada com o Twitter.com que é americano e é uma ótima rede social e de disseminação de conteúdo diga-se de passagem. O Blog apenas discorre comentários e artigos sobre a ferramenta. Assim, como fazem todos os veículos de comunicação sobre qualquer outra ferramenta, aliás senhores, aproveitem e mandem bloquear metade da internet.

Imagem do Processo no TRE

Sinceramente, é triste o desconhecimento da justiça brasileira para lidar com questões na internet, mais triste ainda é constatar que não se dão o pequeno trabalho de se informar, pesquisar sobre o assunto, se inteirar, como diria minha mãe.

Saem atropelando: – Nos alimentamos de capim, mas temos o poder! Hahahaha!

Twitters estão a todo vapor falando sobre o estúpido erro de alvo da Justiça e tentando de alguma forma mobilização para que o Blog Twitter Brasil volte ao ar ou que nossos magistrados reconheçam o erro e se retratem, mesmo depois da cagada.

O Leonardo também escreveu sobre o assunto e está certo, Luizianne saiu perdendo nessa história:

conseguiu que uma das comunidades mais ativas, unidas e com poder de mobilização, caso dos usuários do Twitter, se voltassem contra ela. E pior, na internet, isso nunca fica restrito a apenas um site, é de se esperar também algo no Orkut e outras redes de relacionamento, é simplesmente impossível medir com precisão o quanto isso vai feder na web;

20 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *