A Mulher no Ceará

O 8 de março, dia internacional da mulher, relembra as operárias têxteis de Nova Iorque que em 1857 entraram em greve por melhores condições de trabalho e morreram carbonizadas. Naqueles tempos as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho. Hoje, no Ceará, as mulheres recebem em média 63,6% do salário dos homens.

No Brasil pode-se dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira pois, nessa data, as mulheres conquistaram o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo. Depois desse marco, várias tem sido as conquistas mas ainda há muito a ser conquistado.

As mulheres representam quase a metade (42%) dos brasileiros que trabalham e são responsáveis pelo sustento de aproximadamente 1/3 das famílias no Brasil. Mas, também são as mais atingidas pelo desemprego e pode-se afirmar que entre a demissão de um homem e de uma mulher, geralmente a mulher é a demitida.

No Ceará existem mais de quatro milhões de mulheres. Em dezembro de 2007 a taxa de ocupação feminina era de 37% contra 55% masculina. O setor que mais emprega mulheres no Ceará é a administração pública (43%), seguida pelo setor serviços (27%). Mais de 68% das mulheres que trabalham no Ceará tem mais de 30 anos de idade.

Em 2006, 41,96% das mulheres cearenses que trabalhavam tinham o 2º Grau completo e 20,27% delas concluíram o nível superior. O número médio de anos de estudo da mulher cearense é tradicionalmente superior ao número de anos de estudo do homem. Dados da PNAD indicam que em 1996 o número médio de anos de estudo da mulher era 4,4 contra 3,7 para os homens. Já em 2006 o número médio de anos de estudo da mulher cearense era de 6,3 anos contra 5,3 anos de estudo dos homens.

Em 1996, 25,3% das mulheres cearenses eram chefes de família já em 2006, mais mulheres eram chefes de família: 32,5%. A mulher tem assumido importante papel na mudança da sociedade ao longo dos anos estando cada vez mais presente na construção de uma sociedade com um maior nível de bem-estar.

Feliz Dia da Mulher!

Fonte: IPECE

3 comentário em “A Mulher no Ceará

  1. Mário, o dia internacional da mulher é uam farsa criada pela URSS, é só pesquisar um pouco. Esse incêndio não foi o motivo da criação da data que só foi criada no século 20.
    Não entendo porque até hoje o ocidente aceitou deliberamente essa farsa.
    Para mim todo dia é dia da mulher, esse negócio de datinha comemorativa é muito pequeno-burguês para meu gosto. Presenteio minha mulher constantemente e não gosto desse tipo de comemoração shopping.
    Eu acho que sou mais feminista do que a maioria das mulheres :)

  2. Acho que Deus fez o Christiano e quebrou a fôrma…
    …Avisa aí pra D. Maria, esposa dele, que como disse o Mário tem mais mulher do que homem e elas não dispensando mais nada não… guá!

    Mulher é o cão! Queria saber qual pecado cometi na vida passada pra ter nascido mulher, pra não cometer nessa vida e ver se a situação melhora na próxima.

    Ser mulher e ESTAGIÁRIA É FODA! :P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.