Facebook faz cérebro regredir

Uma pesquisadora da Universidade de Oxford disse que navegar muito por redes sociais, como o Facebook, pode fazer o cérebro regredir.

A pesquisadora disse que o uso freqüente de sites como o Facebook pode deixar o cérebro do usuário acostumado a breves intervalos de atenção e torná-lo mais propenso a querer viver apenas o momento.

No mundo real, esta pessoa teria dificuldade em desempenhar tarefas que exigem mais tempo de concentração.

Isso é lá nos Estados Unidos, por isso o exemplo com o FaceBook que é mais usado, agora imagina o tamanho da regressão cerebral com o Orkut aqui no Brasil. =P

Leia matéria completa de Daniela Moreira, na INFO Online.

2 comentários sobre “Facebook faz cérebro regredir”

  1. sunflower25 de fevereiro de 2009 às 16:21

    Ou o Twitter.

    Jay-sus!

  2. Breno18 de março de 2009 às 11:31

    Fundamentado nas palavras da professora, qualquer pessoa que fizer muito algo que tenha um tempo de vida fugaz, terá regressão no cérebro.

    O importante nessa história não é que essas coisas que oferecem um tempo de vida fugaz, como orkut, facebook, twitter ou flipper* são maléficos. O importante é o quão ocupadas com essas coisas as pessoas são (se pessoas ainda forem).

    O pensamento inverso poderia ser resumido em: eu tomo banho de piscina todos os dias, e todos os dias entra água no meu ouvido. Faço isso há seis anos. Às vezes a água da piscina é suja. Minha pele está descamando e minha audição definhando. Piscinas são maléficas.

    *flipperama ^^

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.