bicicletas compartilhadas

Google Maps lança rotas de destino para usuários de bicicletas compartilhadas

O Google Maps facilitará a locomoção dos usuários de bicicletas compartilhadas, a atualização estará disponível para as 10 principais cidades que utilizam esse serviço. Rotas de destino não são novidades para pedestres, bicicletas, carros ou transportes públicos. A novidade, no entanto, combina rotas a pé e de bicicleta, fornecendo acesso e transição entre os locais de compartilhamento de bicicletas.

Funciona da seguinte forma, primeiro ele fornecerá rotas a pé detalhadas para acesso ao local de compartilhamento de bicicletas mais próximo, depois exibirá instruções de como ir de bicicleta até o local de estacionamento de bicicletas mais próximo ao seu destino e por fim, após o desembarque da bicicleta, a parte final da viagem a pé ao seu destino.

Hoje, os usuários que desejam usar o compartilhamento de bicicletas precisam criar três destinos e percursos separados. Agora, poderão planejar esse passeio como uma única viagem no Google Maps nas cidades incluídas na primeira atualização.

Além da nova navegação para o seu destino, em algumas cidades o Google Maps também disponibilizará links que permitem abrir o aplicativo do serviço de compartilhamento e desbloqueio da bicicleta.

google maps bike share

O recurso será lançado em breve em 10 cidades, em parceria com a empresa de informações de transporte Ito World e com parceiros de compartilhamento de bicicletas. As cidades que contarão com esse serviço inicialmente são:

Chicago, EUA (Divvy / Lyft)
Nova York, EUA (Citi Bike / Lyft)
Área da Baía de São Francisco, EUA (Bay Wheels / Lyft)
Washington, DC, EUA (Capital Bikeshare / Lyft)
Londres, Inglaterra (Santander Cycles / TfL)
Cidade do México, México (Ecobici)
Montreal, Canadá (BIXI / Lyft)
Rio de Janeiro, Brasil (Bike Itaú)
São Paulo, Brasil (Bike Itaú)
Taipei e New Taipei City, Taiwan (YouBike)

Oferecer melhores rotas de bicicleta tornou-se um produto ainda mais competitivo nos últimos meses para os fornecedores de mapeamento, devido ao impacto do surto de coronavírus nas viagens e transporte. Alguns passageiros, por exemplo, passaram a usar bicicletas para suas viagens, em vez de depender de transporte público, como ônibus e metrô. O Google observa que esse impacto também se reflete no crescente interesse mundial em busca de frases como “oficina de bicicletas perto de mim”, que atingiram o nível mais alto de todos os tempos esse mês – mais que o dobro do que foi no ano passado.

O Google diz que está trabalhando ativamente para adicionar mais parceiros para levar a funcionalidade a mais cidades nos próximos meses.

Com informações do The Keyword e TechCrunch

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.