Rápidas: Microsoft e Bin Laden

Osama Bin Laden vai morrer, de novo?

Em 2002, o presidente paquistanês Pervez Musharraf disse que Osama tinha uma doença renal que o fez pedir uma maquina de diálise quando vivia no Afeganistão. No mesmo ano, o principal homem do contraterrorismo da CIA, Dale Watson, disse: “Eu pessoalmente creio que ele não está mais entre nós”. De lá para cá, ele apareceu em diversos vídeos, parecendo mais saudável do que nunca. Agora a CIA acaba de produzir um relatório dizendo que bin Laden tem uma doença renal crônica e que pode ter apenas meses de vida, segundo dois funcionários disseram à Time. A agência diz ter conseguido os nomes dos medicamentos que ele está tomando. “Baseados na sua ingestão de drogas farmacêuticas, nós diríamos que ele tem de seis a 18 meses de vida”, diz o relatório. Mas a informação vem da mesma agência que já tentou, entre seus feitos, matar Fidel Castro com um charuto explosivo.

Microsoft quer o Yahoo, de novo?

A Microsoft prevê uma nova oferta para o Yahoo! e pode apresentar, ao lado de outras empresas, uma proposta conjunta, informa o Wall Street Journal. As fontes citadas pelo jornal destacaram que o presidente da Microsoft, Steve Ballmer, teria conversado em meados de junho com o colega do Yahoo!, Roy Bostock, para pedir um encontro e expor o projeto com participação de outros grupos, mas a reunião, prevista para segunda-feira, foi cancelada. O Yahoo anunciou em 12 de junho que “as discussões com a Microsoft para uma compra total ou parcial chegaram ao fim” e encerrou as negociações iniciadas em fevereiro, quando a Microsoft ofereceu 44 bilhões de dólares para adquirir a empresa pioneira da internet, informa a France Presse.

Com dados da Newsletter da Revista da Semana

Post criado 472

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo